Notícias

Corpo de delegado morto a tiros dentro de casa em Porto Velho será sepultado em SP

Durante a noite, o corpo de Júlio César Árabe começou a ser velado no Sindicato dos Delegados da Polícia Civil de Rondônia. Amigos de farda, colegas e autoridades das forças de segurança compareceram à despedida.

O corpo do delegado Júlio César Árabe Gomes da Silva, de 60 anos, será levado para de Porto Velho (RO) para São José do Rio Preto (SP), onde será velado e sepultado neste sábado (1º). A informação foi divulgada ao g1 pela Polícia Civil.

O delegado e a esposa Jaqueline Aparecida, de 49 anos, foram encontrados mortos dentro de casa na madrugada da sexta-feira (31), na Zona Sul de Porto Velho. O caso é investigado como homicídio seguido de suicídio. Jaqueline é apontada como principal suspeita do crime, segundo a polícia.

A Polícia Civil informou que as investigações preliminares indicam que Jaqueline deu os tiros que mataram o delegado e em seguida a mulher teria tirado a própria vida.

Durante a noite da última sexta (31) o corpo começou a ser velado no Sindicato dos Delegados da Polícia Civil de Rondônia (Sindepro), localizado na avenida Sete de Setembro em Porto Velho. Amigos de farda, colegas e autoridades das forças de segurança compareceram à despedida.

Durante a madrugada começaram os trabalhos de translado para a cidade de São José do Rio Preto, que fica distante aproximadamente 2.549 km da capital rondoniense.

Júlio comemorava o aniversário de 60 anos horas antes de morrer dentro de casa. Ele trabalhava como policial há mais de 30 anos.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo