Política

Um veterano com os pés fora da Câmara de Porto Velho?

Agora, só resta ao sorridente e simpático vereador Jurandir Bengala bater às portas dos tribunais superiores. Talvez, assim, consiga reverter a sentença

O vereador Jurandir Rodrigues de Oliveira, mais conhecido por Bengala, sofreu um duro golpe em sua longa carreira política. Uma decisão da Câmara Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia suspendeu seus direitos políticos por cinco anos, por suposta improbidade administrativa.

Bengala é um dos vereadores mais antigos da Câmara Municipal de Porto Velho. No jargão político, um veterano de quatro mandatos, caminhando para o quinto, senão estou enganado.

Conheci Bengala quando ele era administrador do distrito de Jaci Paraná, na gestão do prefeito Chiquilito Erse. Anos mais tarde, ele elegeu-se vereador. Mesmo quando atuamos em campos opostos – ele presidente da Câmara, entre 2015 e 2016, e eu representante dos servidores no Conselho de Política Salarial, abordando temas de interesse da categoria, sempre mantivemos uma relação de amizade baseada em respeito e consideração, até hoje.

Longe de mim, contudo, pretender entrar no mérito da decisão que levou a Justiça a afastar o parlamentar de suas funções, pois, além de não ser especialista no assunto, não tenho o péssimo hábito de emitir juízo de valor sobre algo com o qual não tenho nenhuma familiaridade, mas, se a Justiça decidiu, fazer o quê? Agora, só resta ao sorridente e simpático vereador Jurandir Bengala bater às portas dos tribunais superiores.

Talvez, assim, consiga reverter a sentença e, destarte, continuar atuando na defesa das causas sociais e dos interesses dos pequenos produtores rurais, segmento com o qual mais se identifica.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo